Saiba como entregar e receber um cartão de visita

O cartão de visita é, sem sombra de dúvidas, um elemento imprescindível em qualquer área de negócio, e não é mais do que uma interação profissional.

Saber criar este produto de marketing é a chave para o sucesso… Mas ter a chave sem a fechadura, vale muito pouco! Por isso, torna-se essencial saber como entregar e receber um cartão de visita.

Pense num almoço com um cliente: certamente não come sem talheres e tem o máximo cuidado para evitar nódoas. Pois bem, também no momento de trocar contactos existem boas práticas, mas nada difícil de cumprir! Ora veja.

 

Quero entregar o meu cartão de visita, como devo fazê-lo?


  • Antes de entregar

 

É muito importante que tenha sempre consigo um cartão de visita, uma vez que, dessa forma, não perde nenhuma oportunidade. No entanto, utilizar a carteira para transportar um dos seus melhores aliados de marketing, é um erro – se possível recorra ao porta-cartões para garantir que não existem vincos ou dobras.

 

  • Onde e quando distribuir

 

A troca de contactos é muito comum em coffee-breaks, almoços, jantares ou reuniões e, regra geral, antes do início do acontecimento – assim, já existe uma apresentação oficial e evitam-se constrangimentos. Ditam as regras que a iniciativa deve partir das pessoas com maior estatuto profissional, no entanto, o mais importante é ter noção do contexto para perceber se deve aguardar pela outra parte.

 

  • A quem entregar

 

Fazer uma distribuição aleatória, não tem qualquer efeito. Ou melhor… tem um efeito negativo porque, para além dos custos, estará a transparecer uma ideia de desespero profissional. Quando entregar o seu cartão de visita deve ter vários aspetos definidos: saber a quem vai entregá-lo, qual o propósito da entrega e para quando são esperados resultados.

 

  • Como dar

 

O cartão de visita deve ser entregue em mão, à pessoa a quem se destina o contacto. Ao fazê-lo deve segurar-se na parte superior, entre o polegar e o indicador dobrado – o nome ou parte dele não deve estar tapado, para que possa ser lido de imediato.

 

Mas atenção, quando entregar o seu cartão de visita deve ter em atenção a cultura dos intervenientes: na Ásia, por exemplo, este gesto deve ser realizado com as duas mãos e deve ser acompanhado de uma vénia.

 

Mas a troca de contactos, à partida, contempla o ato de entregar e receber. E se as dicas anteriores são muito importantes, as que se seguem não lhes ficam atrás.

 

Vou receber um cartão de visita, e agora?

 

 

Saber trocar cartões de visita é um aspeto muito valorizado em ambiente profissional.
Saber trocar cartões de visita é um aspeto muito valorizado em ambiente profissional.

 

  • Como aceitar

 

Quando tiver nas mãos o contacto que lhe foi entregue, perca alguns segundos a analisar o conteúdo. Dessa forma, para além de demonstrar interesse perante a outra parte, pode assimilar o nome e a atividade da pessoa em questão. Não existe pior atitude do que receber as informações de alguém, guardá-las sem sequer olhar e depois fazer perguntas que podiam ser evitadas!

 

  • Depois de ter recebido

 

Quando lhe entregam um cartão de visita, revelam um ato de gentiliza para consigo e, para retribuir essa atitude, pode criar alguma empatia ao falar de contactos comuns dentro da organização. Desta forma, também está a contribuir para melhorar a sua rede de conhecimentos profissionais.

 

  • Erros a evitar

 

Tomar notas no cartão recebido é um erro grave e pode até ser considerada uma atitude indelicada. Imagine que fica subentendido que está a tomar notas sobre a pessoa? “O Sr. João mede cerca de 1,60cm” – acha que ainda há possibilidade de negócio se o Sr. João pensar que escreveu isto sobre ele?

 

Não se trata de uma lista infinita de regras e regrinhas para distribuir e receber um cartão de visita, por isso não será difícil fazer tudo “como manda a lei”. A partir de hoje, será um ás na troca de contactos!

 

 

Proponha uma correção ou deixe uma sugestão:
carolina.maca@360imprimir.com

Este Artigo foi útil? Sim Não
Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta